Presidentes dos CRCs realizam balanço 2018 em última reunião do ano

Por Rafaella Feliciano
Comunicação CFC

Os presidentes do Sistema CFC/CRCs participaram, nesta terça-feira (4), da última reunião de trabalho de 2018. Na ocasião, os representantes dos Conselhos Regionais de Contabilidade trouxeram um resumo das atividades realizadas no ano com destaque para as inovações executadas nos CRCs.

“Receber o retorno dos Conselhos Regionais com frutos deste primeiro ano de gestão é engrandecedor, pois a nossa missão é trabalhar, cada vez mais, por um Sistema ético, transparente, eficiente pensando no  fortalecimento da classe contábil e no desenvolvimento sustentável do nosso País”, disse o presidente do CFC, Zulmir Breda.

Entre as novidades de 2018, os destaques foram:

No Distrito Federal, o estado está elaborando um aplicativo para facilitar e aproximar a classe contábil na região; em Mato Grosso do Sul, os esforços foram concentrados para a aquisição da nova sede do conselho que está em andamento; Em Rondônia, a novidade é o CRC Itinerante, que leva aos profissionais dos municípios, informações sobre a entidade, além de realizar a aproximação com a classe que atua nas áreas públicas e privadas. Na mesma linha, o Rio Grande do Sul promoveu o CRC&Você que, até novembro, já realizou 15 encontros e contou com a participação de mais de 800 profissionais. Em um bate-papo descontraído, o CRCRS busca a aproximação com a classe, além de tirar dúvidas técnicas do dia a dia.

Já o CRCPI executou o projeto Escritório Legal, uma parceria com a Junta Comercial do Estado para a fiscalização dos escritórios contábeis da região por meio de um aplicativo.  No Amazonas, devido a dificuldades de deslocamento dada a geografia do Estado, a ideia foi promover o Canal Contábil, uma parceria com o Centro de Mídias de Educação do Amozonas. Que traz, por meio de um canal via satélite, programas sobre educação profissional continuada para o interior da região. Minas Gerais saiu na frente com ações de governança, riscos e compliance. O conselho já está trabalhando para a elaboração do Relato Integrado e promoveu, em 2018, reuniões temáticas com os líderes de cada área; conscientização sobre a importância da governança com as equipes de trabalho sempre com o lema “inovar para evoluir”.

A palavra de ordem no Acre é “orientar”. O CRCAC deu destaque este ano ao projeto Orientar é melhor que Penalizar, uma parceria com a Receita Federal para a fiscalização de escritórios na região. Toda a semana, a entidade promove cursos de treinamento e capacitação aos profissionais.

Em Sergipe, o foco é a contabilidade pública e o CRCSE consagrou uma grande parceria com o Tribunal de Contas do Estado que concedeu um espaço em sua estrutura física para o Conselho facilitando a consulta ao sistema do tribunal. Por possuir o maior número de contadores em seu quadro funcional, o TCE ganhou o nome de a “Casa dos Contadores”.  O CRCPB também destacou a fiscalização dos profissionais responsáveis pelas entidades públicas. Pernambuco é outro estado que promoveu diversas ações em prol da melhoria da contabilidade pública na região.

Já a tecnologia anda de mãos dadas com o CRCSP que tem inovado em suas ações por meio cibernético. O Desenvolvimento Profissional ganhou aplicativo e uma plataforma de ensino à distância que traz a possibilidade de autoestudo, transmissões online e reuniões técnicas via web.  O Rio de Janeiro também está na onda e, entre outras ações, trabalha com a realização de webconferências gratuitas sobre os principais temas em voga na classe contábil e na sociedade. O Amapá também traz a tecnologia para otimização do trabalho com a captação de novos registros profissionais através do aplicativo WhatsApp.

Em Maranhão, a Câmara de Fiscalização tem trabalhado para expandir as ações no estado, enquanto Alagoas firmou parceria com o Ministério Público Estadual para atuação especial de combate à sonegação fiscal. Santa Catarina trouxe como inovação o projeto Contabilizando para o Cidadão, como medida de controle social e o Ceará tem utilizado uma ferramenta de comunicação pública para dar mais transparência à atuação do Conselho. O CRCBA também implementou um canal direto com os  órgãos públicos por meio do projeto Ouvidoria Itinerante.

Em Goiás, o CRCGO atuou para a melhoria das relações institucionais com parceiros e com governo do estado resultando em grandes parcerias pela transparência nas contas e no aprimoramento da atuação dos profissionais da região. Já no Paraná, o destaque ficou por conta da ação de fiscalização das 100 maiores empresas do estado. A medida teve repercussão na mídia local sobre a ação inédita no local.

Para fechar as ações de 2018, o CRCES intensificou as parcerias institucionais promovendo diversas ações com a Secretaria Estadual de Fazenda. No Rio Grande do Norte, a entidade também esse caminho com acordos com órgãos públicos, bem como com a Junta Comercial RN. Em Mato Grosso, o foco é o trabalho em conjunto com o Instituto de Cartórios para a melhoria da arrecadação no estado.

Para 2019, o Sistema CFC/CRCs já possui eventos que prometem grandes resultados, como o XII Encontro Nacional da Mulher Contabilista, que será realizado em setembro, em Porto de Galinhas, Pernambuco.