XI Encontro Nacional de Coordenadores e Professores do Curso de Ciências Contábeis é realizado em São Paulo

Por Thiago Benevides/CRCSP e Thatyane Nardelli/CFC

Debater o futuro do ensino das Ciências Contábeis no País e como formar profissionais mais atualizados foi o grande objetivo do XI Encontro Nacional de Coordenadores e Professores do Curso de Ciências Contábeis (ENCPCCC). Realizado durante todo este sábado, 29 de setembro, em São Paulo, o evento foi promovido pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), a Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon) e o Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo (CRCSP).

A mesa solene do evento foi composta pelo presidente do CFC, Zulmir Ivânio Breda, pela presidente do CRCSP, Marcia Ruiz Alcazar, pela presidente da Abracicon, Maria Clara Cavalcante Bugarim, pelo presidente da Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC), Adeildo Osório de Oliveira, pela vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CFC, Lucélia Lecheta, e pela diretora Técnica do Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon), Adriana Caetano.

Osório ressaltou na abertura a importância da integração entre a Academia, os profissionais e as entidades de classe. “A Contabilidade é uma Ciência milenar e de fundamental importância como instrumento de controle. E apenas através da educação que iremos promover o desenvolvimento da Classe Contábil como um todo”, afirmou o presidente da FBC.

A  presidente da Abracicon, Maria Clara, lembrou que “os professores são a base e o futuro da nossa profissão”.  Além disso, Bugarim agradeceu o apoio e parceria do CFC, CRCSP, FBC e Ibracon, na figura de seus presidentes e representantes. “Precisamos cada vez mais de dirigentes comprometidos como vocês”, finalizou ela.

 

Leia mais: Encontro acadêmico promove debate sobre atualização e uso da tecnologia para alunos de Ciências Contábeis

Incentivando a produção acadêmica

Após a abertura, foi realizada a cerimônia de entrega do “Prêmio Olívio Koliver”, instituído pelo CFC e promovido pela Revista Brasileira de Contabilidade (RBC) para estimular a produção científica e de pesquisas técnicas na área contábil.

artigo vencedor, produzido pela mestranda em Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Raquel Damacena Ribeiro, sob orientação do professor-doutor Adolfo Henrique Coutinho e Silva, abordou o tema “O que pensam os reguladores sobre as diferenças da Contabilidade Societária e Regulatória no setor elétrico no Brasil após a emissão da OCPC 08”. O texto foi publicado na revista referente aos meses de março-abril, número 224.

O presidente do CFC, Zulmir Breda, e a coordenadora do Conselho Editorial da RBC, Jaqueline Veneroso, entregaram à autora e seu orientador um troféu, como reconhecimento a contribuição do artigo para a profissão contábil.

“Esse prêmio é um importante incentivo para nós pesquisadores. Minha intenção agora é continuar a pesquisar, trabalhar e contribuir cada vez mais para a Classe Contábil”, ressaltou Raquel.

Seu orientador também teceu algumas palavras de agradecimento. “O desenvolvimento de uma classe profissional não depende apenas de uma prática adequada, mas também de incentivos à pesquisa”, disse. “Iniciativas como essa são sempre bem-vindas, pois valorizam a produção científica”, completou.

Reconhecimento

Olívio Koliver foi professor universitário com atuação em diversas entidades da área contábil. Falecido em 29 de junho de 2009, o patrono da premiação foi presidente do Conselho Regional de Contabilidade doRio Grande do Sul (CRCRS), vice-presidente Técnico do CFC e presidente do Comitê de Investigação Contábil da Associação Interamericana de Contabilidade (AIC), tendo prestado relevantes serviços para a evolução da Ciência Contábil no País.

Mudanças na profissão

Após a outorga do prêmio, a presidente do CRCSP, Marcia Ruiz Alcazar, lembrou a todos sobre a importância do desenvolvimento contínuo e do profissional da área acadêmica como forma de preparar os contadores do futuro. “É uma felicidade apoiar este evento com coordenadores e professores, ainda mais neste momento em que o ensino, especialmente o da Contabilidade, passa por tantas mudanças”, declarou a presidente.

Finalizando a abertura, o presidente do CFC, Zulmir Breda, mostrou dados e índices aos presentes para dar uma dimensão da qualidade atual do ensino superior, que, segundo ele, enfrenta dificuldades em todas as áreas. “Isto exige de nós que busquemos alternativas e soluções, se não para todo o ensino superior, ao menos para a nossa classe, para obtermos gradativamente melhores resultados no Exame de Suficiência e coloquemos profissionais ainda mais qualificados no mercado”, apontou Zulmir.