Paraíba recebe o projeto Abraçando o Controle Social

Por Rafaella Feliciano
Comunicação CFC

 

Nesta terça-feira (11), foi a vez do Estado da Paraíba receber o projeto Abraçando o Controle Social. Lançado regionalmente na cidade de João Pessoa, o evento reuniu cerca de 300 pessoas no Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB). Autoridades, gestores públicos e a sociedade civil organizada estiveram presentes no encontro que iniciou a parceria na busca por mais transparência à gestão pública paraibana com o apoio da participação dos cidadãos.

A Paraíba Abraçando o Controle Social. Foto: Comunicação CFC

 

Zulmir Breda. Foto: Comunicação CFC

“Sabemos muito bem que é impossível retornarmos o crescimento e o desenvolvimento do País  em um ambiente corroído pela corrupção e pela impunidade. Diante disso, precisamos fortalecer os mecanismos de controle e, o profissional da contabilidade, tem o conhecimento técnico para contribuir decisivamente nesse processo”, ressaltou o presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Zulmir Breda.

A iniciativa tem como propósito conscientizar os profissionais da Contabilidade, e gestores de controle interno das entidades públicas, sobre o papel fundamental desses atores para o funcionamento dos mecanismos de controle social, levando informações aos municípios e difundindo as boas práticas de controle social. O objetivo é que a classe Contábil possa estar engajada na promoção do desenvolvimento de uma consciência coletiva, com responsabilidade social, visando uma administração pública mais transparente e sustentável.

Para a presidente do Conselho Regional de Contabilidade da Paraíba (CRCPB), Vilma Pereira de Souza Silva, a ideia é buscar parcerias para formar agentes multiplicadores de boas práticas no acompanhamento dos serviços prestados e das contas públicas. “Queremos contribuir com a gestão municipal, estadual e federal e, assim, com o desenvolvimento sustentável do nosso país e bem estar da sociedade”, afirmou.

Na ocasião, o presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, André Carlo Torres Pontes, que também participou do ato, lembrou que a atuação em prol do controle social já é uma realidade da maioria dos tribunais e, a celebração da parceria, veio para reforçar o papel fundamental dessas instituições para o funcionamento dos mecanismos de controle social. “No estado da Paraíba, desde 2002, o TCE trabalha ativamente em prol da transparência. “Junto com o CRCPB, trabalhamos pelo aprimoramento e pela titularidade das boas práticas. Para se executar o controle social, é preciso informação. E, portanto, esse tipo de acordo de cooperação técnica é importantíssimo”, reforçou.

Abertura da edição paraibana do Abraçando o Controle Social. Foto: Comunicação CRCPB

Segundo o secretário da Transparência Pública da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PB), Ubiratan Pereira, o controle social é imprescindível para potencializar o aprimoramento das ferramentas de gestão da administração pública. “Precisamos oferecer à sociedade uma gestão pública mais transparente, pautada na racionalidade dos recursos. Porém, isso só é possível se a própria população estiver envolvida na missão”, disse.

O secretário chefe da Controladoria Geral do Estado da Paraíba, Gilmar Martins de Carvalho Santiago, agradeceu a iniciativa e acredita que é necessário mais informação ao cidadão para que ele saiba como participar dessas ações de fiscalização efetiva. “Os governo estaduais ofertam, cada vez mais, portais de transparência mais avançados e modernos. Mas a sociedade ainda não aprendeu, em sua maioria, a importância da sua utilização. Por isso, projetos assim são importantes para que a linguagem da gestão pública possa chegar ao cidadão para que ele possa interagir de forma mais efetiva com o Estado”, garantiu.

Já o superintendente da Controladoria Geral da União Regional da Paraíba, Gabriel Aragão Wright, a população precisa conhecer o funcionamento dos controles internos e externos para que entendam como é possível trabalhar em conjunto sobre a temática do controle social. “O controle social não se faz por órgão de controle. São papeis diferentes, mas que precisam andar juntos pelo desenvolvimento mais transparente e ético da gestão pública”, concluiu.

O evento também contou com a apresentação cultural da Comissão Jovens Lideranças Contábeis, coordenada pelo professor Dr. José Jassuípe de Morais.

Também participaram da abertura do evento o presidente da Fundação Brasileira de Contabilidade, Adeildo Osório; o presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, André Carlo Torres Pontes; acadêmico da Academia Paraibana de Ciências Contábeis (APBCICON), contador Glaydson Trajano Farias.

Auditório do TCE/PB. Foto: Comunicação CFC

O projeto Abraçando o Controle Social faz parte de uma parceria firmada entre o CFC; a Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon); a Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC); o Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci); e a Associação Nacional dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon).  No estado da Paraíba, além do CRCPB, o Abraçando o Controle Social também conta com o apoio do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB); da Controladoria Geral do Estado da Paraíba (CGE-PB); e da Controladoria Geral da União Regional da Paraíba (CGU-PB).

Atricon é a nova parceria do projeto Abraçando o Controle Social

O projeto Abraçando o Controle Social consolidou, nesta terça-feira (11), mais uma grande parceria para a disseminação da iniciativa em todo o país. A Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) assinou um termo aditivo ao acordo de cooperação técnica que inclui a entidade na missão de fortalecer e aprimorar as atividades dos órgãos de Controle Interno e Externo dos Estados e Municípios.

Zulmir Breda (presidente do CFC), André Carlo Torres Pontes (presidente do TCE/PB) e Fábio Nogueira (presidente da Atricon). Foto: Comunicação CRCPB

A parceria foi firmada durante o lançamento do Abraçando o Controle Social em João Pessoa (PB), na sede do Tribunal de Contas do Estado, entre o presidente do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Zulmir Breda e o presidente da Atricon, Fábio Nogueira.

Lançado nacionalmente em abril, a iniciativa tem como propósito conscientizar os profissionais da Contabilidade, gestores de controle interno e externo das entidades públicas e a sociedade civil, sobre o papel fundamental desses atores para o funcionamento dos mecanismos de controle social, levando informações aos estados e municípios, difundindo as boas práticas em todo o País. O objetivo é que os cidadãos possam estar engajados na promoção do desenvolvimento de uma consciência coletiva, com responsabilidade social, visando uma administração pública mais transparente e sustentável.

“A parceria com a Atricon representa um grande passo nessa campanha de difusão do controle social e, também, de fortalecimento dos órgãos de controle. Para a classe contábil, é motivo de orgulho contar com o apoio dessa importante instituição que certamente emprestará maior qualidade e credibilidade aos trabalhos que estão e que serão desenvolvidos fruto dessa parceria”, ressaltou o presidente do CFC, Zulmir Breda.

O presidente da Fábio Nogueira assinou termo aditivo ao acordo de cooperação técnica que inclui a Atricon na missão de fortalecer e aprimorar as atividades dos órgãos de Controle Interno e Externo dos Estados e Municípios. Foto: Comunicação CRCPB

O presidente da Atricon agradeceu a parceria firmada e garantiu que a entidade está à disposição para trabalhar pela melhoria no desenvolvimento do Brasil. “O lema de nossa gestão é integração. E, nós, temos todo o interesse em participar de projetos conjuntos com as mais diversas instituições das esferas do Estado, principalmente com os conselhos de classe. Fazer parte do Abraçando o Controle Social é uma honra e nos motiva, ainda mais, nessa missão de um país mais ético e transparente”, ressaltou.

Atualmente, integram o projeto Abraçando o Controle Social: o Conselho Federal de Contabilidade (CFC); a Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon); a Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC); o Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci); e a Associação Nacional dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon).