CRCRJ comemora 70 Anos de fundação com lançamento de publicação e entrega de honraria

Medalha Professor Orlando Martins Pinto foi outorgada aos contadores Nelson Monteiro da Rocha e Maria Thereza Lopes

Assessoria de Comunicação do CRCRJ

Na última sexta-feira, 31 de março, o Conselho Regional de Contabilidade do Rio de Janeiro (CRCRJ) realizou solenidade em comemoração aos seus 70 anos de fundação. A noite contou com muitas surpresas, como o lançamento da publicação comemorativa 70 Anos do CRCRJ, a entrega da Medalha Professor Orlando Martins Pinto e dos Certificados de Mérito aos profissionais com 70 anos de idade ou mais.

Compuseram a mesa solene o vice-presidente Técnico do CFC, Zulmir Breda, a presidente do CRCRJ, Vitória Maria da Silva, a presidente do CRCCE, Clara Germana, o deputado Federal Celso Pansera, o deputado Estadual Nivaldo Mulim, o presidente da Junta Comercial do Rio de Janeiro (Jucerja), Luiz Velloso, a primeira-dama do município do Rio de Janeiro, Sylvia Jane Crivella, e o sócio da Ernst&Young Mauro Moreira.

O deputado Federal Celso Pansera ressaltou o atual momento vivido pelo Brasil, afirmando que “é o momento de os profissionais da contabilidade se firmarem no cenário nacional, ressaltando a importância da categoria nessa mudança de paradigma para a economia brasileira”.

O vice-presidente Técnico do CFC, representando o presidente José Martônio Coelho, parabenizou as mais de 56 mil profissionais da contabilidade fluminense. “Hoje, o CRCRJ escreve mais uma página de sua rica história, consolidando-se ainda mais como uma entidade de peso, forte e consolidada no meio contábil. Trata-se de uma admirável trajetória de desafios e lutas em favor do aprimoramento da classe no Rio de Janeiro. Em nome dos mais de 500 mil profissionais brasileiros, felicito a presidente Vitória pelo trabalho à frente do Conselho”.

Em seguida, aconteceu a entrega dos Certificados de Mérito aos profissionais da contabilidade com 70 anos, sendo 20 ininterruptos de registro ativo, sem nunca ter sofrido penalidade ética ou técnica. A premiação concede isenção do pagamento da anuidade com manutenção plena de direitos e deveres. Entre os agraciados, a presidente Vitória Maria da Silva, que recebeu o certificado das mãos de sua filha, Polyana Albergaria, e de seu genro.

O ponto alto da noite foi a entrega da Medalha Professor Orlando Martins Pinto, maior honraria do CRCRJ, outorgada ao contador Nelson Rocha e à contadora Maria Thereza Lopes, por suas grandes contribuições para o engrandecimento da profissão contábil fluminense e brasileira.

No encerramento da solenidade, em discurso emocionado, a presidente Vitória convidou todos a fazerem uma “viagem no tempo”: ao Rio de Janeiro de 1947. Ressaltando as mudanças tecnológicas e os consequentes desafios para a profissão contábil, ela ainda aproveitou para prestar contas de seu mandato. Em seguida, completou:

“Muito além de números, hoje vamos falar sobre ações. Desejávamos recuperar a autoestima do profissional da contabilidade. Lembra-lo de sua importância e mostrar o mesmo para a sociedade. E assim fizemos! A todo momento, reforçamos a mensagem de que a contabilidade deve ser levada a sério. Nosso slogan, “contabilidade: quem leva a sério leva a melhor”, se tornou nosso lema”, afirmou. “Só os que se dispõe a colocar seu nome, seu talento e seu trabalho à disposição de uma classe é que sabem verdadeiramente o sabor das vitórias e de poder deixar um legado”, afirmou.