CRCRR: 1ª Convenção discute a evolução da contabilidade na atualidade

Por Fabricio Lourenço
Comunicação CFC

A vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CFC, Lucélia Lecheta, palestrou na primeira Convenção de Roraima

Cerca de 200 profissionais participam, neste sábado (30), da primeira Convenção de Contabilidade de Roraima, que acontece no Teatro  Municipal de Boa Vista (RR). Com o lema “As transformações Contábeis do Caburaí ao Chuí”, a Convenção tem o objetivo de proporcionar aos profissionais do estado a oportunidade de discutir assuntos relevantes e atuais no âmbito da Contabilidade brasileira.

O painel,  “Carreira Contábil e a Importância da Formação Continuada” iniciou os trabalhos do evento, coordenado pela contadora Maria Ivanice Vendruscolo, professora do departamento de ciências contábeis da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; contou com as participações da vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CFC, Lucélia Lecheta; e do vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CRCAC, Mateus Calegari.

Lucélia fez uma apresentação com foco na Educação Continuada, reforçando a necessidade do aperfeiçoamento profissional e busca pela excelência. Segundo ela, “É importante que todos os profissionais se mantenham atualizados”.

Na oportunidade, a vice-presidente falou sobre as normas brasileiras de contabilidade profissionais, as NBC PG 100, 200 e 300 (Código de Ética), NBC PG 12 (Educação Profissional Continuada), NBC PA (Do Auditor Independente), e a NBC PP (Perito), além dos grupos obrigados a prestar contas ao Programa de Educação Profissional Continuada e o funcionamento do Sistema EPC.

Cerca de 200 profissionais participam da Convenção

Lecheta apresentou um dado da Classificação Cine Brasil (2009 – 2018), onde aponta  que  o curso de Ciências Contábeis está entre os dez maiores em relação do número de matrículas, de ingressantes e de Concluintes. “Tenho certeza que  na próxima classificação estaremos entre os cinco primeiros lugares, tamanha a nossa importância para o crescimento e desenvolvimento do país”.

Já o vice-presidente Mateus, apresentou relatos e experiências do Conselho Regional de Contabilidade do Acre. “Temos muitos desafios a vencer. E qual o nosso papel? De forma bem simples, o desenvolvimento profissional é o desenvolvimento de todos os profissionais , do bacharel ao contador. A classe contábil somos nós”, disse.

Segundo ele, nos últimos dois anos, foram realizados no CRCAC mais de 200 eventos. O Conselho também trabalhou pela retomada do processo de aprovação no curso de ciências contábeis, na disseminação do novo Código de Ética da profissão em 22 municípios,  na implantação do primeiro mestrado em ciências contábeis no estado e no incentivo a geração de novo talentos.

A primeira Convenção de Roraima é uma realização do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), do Conselho Regional de Contabilidade de Roraima (CRCRR) Contabilidade (CFC), do Conselho Regional de Contabilidade de Roraima (CRCRR) e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Sescon/RR). Participam da Convenção a presidente do CRCSP, Márcia Alcazar; e o presidente do CRCRO, Joelso Tavares de Andrade.

Solenidade de abertura

A solenidade de abertura da primeira Convenção de Contabilidade de Roraima (CRCRR) foi realizada na noite dessa sexta-feira (29), no Teatro Municipal de Boa Vista.

Da esq.; para a dir.; a vice-presidente do SesconRR; Audry Torre dos Santos; a vice-presidente do CRCRR, Palmira Leão; e a vice-presidente do CFC, Lucélia Lecheta.

A presidente do Conselho Regional de Contabilidade (CRCRR), Palmira Leão de Souza, disse no seu discurso sobre a satisfação em realizar a primeira convenção do estado. “ Sem dúvida, este é um evento inovador. Com a evolução da Contabilidade nos últimos anos, a nossa profissão vem passando por grandes transformações e a nossa Convenção está acompanhando esse momento  sem medo do futuro” , disse.

A vice-presidente de Desenvolvimento Profissional, Lucélia Lecheta, que representou o presidente do CFC , Zulmir Ivânio Breda, reforçou a importância da educação profissional continuada para os profissionais. “A programação técnica do evento apresenta temas atuais que devem ser acompanhados por todos nós, principalmente com o advento tecnológico”.

A vice-presidente do Sescon/RR, contadora Audry Torre dos Santos, destacou a importância da parceira com o CFC e com Conselho Regional para a realização da Convenção. “Tenho certeza que todos nós vamos aplicar, no dia a dia, o conhecimento que vamos adquirir aqui”.

O espetáculo teatral “O Pianista e a Bailarina e Contar Habilidades” , montado especialmente para a Convenção, apresentou  para os participantes  a história  e crescimento do estado  - com a ajuda da contabilidade -, por meio da cultura, lendas e folclore.

O espetáculo narrou, com a literatura de Cordel, a formação de Roraima em quatro pilares: a comunidade indígena, o reino de MaKunaíma, os ribeirinhos e o garimpo.

Também participaram da solenidade de abertura, a vice-presidente de Fiscalização, Ética e Disciplina do CFC, Sandra Maria Batista; a vice-presidente de Controle Interno , Lucilene Florêncio, e o conselheiro do CFC , Vivaldo Barbosa de Araujo Filho.

 

A reprodução deste material é permitida desde que a fonte seja citada.