As competências do Comitê de Tecnologia da Informação (CTI) do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) estão estabelecidas na Portaria que o instituiu (Portaria CFC nº 143/2017). São elas:

• coordenar a formulação de propostas de políticas, diretrizes, objetivos e estratégias de TI;
• coordenar a elaboração do Plano Diretor de TI (PDTI) e do Plano de Ações de TI e classificar as informações neles contidas;
• promover a integração entre as estratégias organizacionais e as estratégias da área de TI;
• apoiar o Conselho Diretor do CFC nos assuntos referentes às áreas finalísticas e à área de TI;
• estabelecer as políticas de minimização de riscos, de priorização e distribuição dos recursos orçamentários;
• estabelecer e propor plano de investimento para às aquisições de hardware e software;
• recomendar a adoção de metodologias de desenvolvimento de sistemas e inventário dos principais sistemas e base de dados;
• elaborar e aprovar o PDTI;
• estabelecer e propor Plano de Investimentos para a área de TI, inclusive quanto às aquisições de hardware e software;
• propor planos de capacitação para a equipe de TI;
• monitorar os valores definidos no orçamento relacionados à TI, de tal forma que o seu uso seja de forma mais racional e eficaz, evitando-se investimentos desnecessários;
• definir prioridades na formulação e execução de planos e projetos relacionados à TI;
• formular, implementar e monitorar o processo de gestão de contratos de TI; e
• implementar o gerenciamento do processo de contratações de bens e serviços de TI, com seus respectivos níveis de acordos de nível de serviço, aderindo ao que determina a Instrução Normativa n.º 04/2010 – SLTI.