A Gestão de Tecnologia da Informação tem como principais objetivos planejar, executar e monitorar as atividades de TI. Cabe à Gestão de TIC garantir e apoiar a Governança de TIC, que por sua vez, apoia estrategicamente a organização.

Enquanto a Governança de TI se encarrega de avaliar e direcionar as atividades de TI alinhadas à Estratégia Organizacional, a Gestão de TIC planeja, constrói, executa e monitora as atividades que devem auxiliar na conquista dos objetivos estratégicos organizacionais.

De acordo com o COBIT 5, o framework de governança e gestão de TI mais utilizado, os processos da gestão corporativa de TI estão divididos em 4 domínios:

  • Alinhar, planejar e organizar;
  • Desenvolver, adquirir e implementar;
  • Executar, atender e apoiar;
  • Monitorar, avaliar e analisar.

No domínio de alinhamento, planejamento e organização, compete à gestão gerenciar a estrutura de TI, definir, rever e atualizar sua estratégia, trabalhar com a arquitetura corporativa, propor inovações, definir e atualizar seu portfólio, gerenciar orçamento e custos, gerenciar recursos humanos, trabalhar o relacionamento infra e supraorganizacional, tratar do gerenciamento de contratos e prestação de serviços, gerenciar fornecedores, observar a qualidade, gerenciar os riscos e a segurança.

Em relação ao domínio de desenvolver, adquirir e implementar, deve-se gerenciar os programas e projetos, realizar a definição dos requisitos, identificar e propor soluções de desenvolvimento, capacitar os envolvidos, trabalhar a mudança organizacional necessária, gerenciar as mudanças, tratar da aceitação e transição das mudanças, expandir e divulgar o conhecimento adquirido, gerenciar os ativos e as configurações envolvidas.

O domínio executar, atender e apoiar trata do gerenciamento de operações, do gerenciamento de solicitações, serviços e incidentes, do gerenciamento de problemas, gerenciamento de continuidade, dos serviços e da segurança, além do controle de processos e de negócios.

Por fim, no domínio de monitorar, avaliar e analisar, compete à gestão verificar o desempenho e a conformidade das atividades e dos processos, bem como analisar e avaliar o controle interno e os requisitos externos à organização.

Diante de todos esses processos e essas atividades, nota-se a importância estratégia da TI para a organização. Compete à TI apoiar e manter a organização tecnologicamente alinhada aos seus objetivos, de maneira a garantir que a missão e a visão da organização sejam atingidas.