CFC se veste de rosa pela prevenção ao câncer de mama

A cada ano, a campanha se fortalece e o Brasil fica mais rosa durante o mês de outubro. A iniciativa de projetar a luz colorida nas fachadas de prédios públicos e privados, monumentos e outras construções, em apoio à campanha de prevenção ao câncer de mama, está sendo adotada, pela primeira vez, pelo CFC, no decorrer deste mês.

Hoje realizada em nível mundial, a campanha conhecida como Outubro Rosa surgiu na década de 1990, com a finalidade de estimular a reflexão sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, de promover a conscientização e compartilhar informações sobre esse tipo de doença,de contribuir para o maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e, ainda, de colaborar para a redução da mortalidade. Quanto mais cedo o câncer de mama é descoberto, mais altas são as taxas de sucesso do tratamento.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), órgão do Ministério da Saúde, o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo – com exceção do câncer de pele não melanoma –, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. Considerado raro antes dos 35 anos, acima desta idade a incidência da doença cresce progressivamente, em especial após os 50 anos. Entidades como a Sociedade Brasileira de Mastologia recomendam que o exame de mamografia seja feito em mulheres a partir de 40 anos e com periodicidade anual.

O CFC vem participando da campanha Outubro Rosa, há vários anos, por meio da realização de palestras aos seus funcionários, iniciativa que irá ocorrer novamente neste mês.

Além disso, quem passar perto da quadra 5 do Setor de Autarquias Sul, em Brasília (DF), durante as noites de outubro, verá a fachada do Conselho Federal de Contabilidade iluminada de rosa, chamando a atenção para este tema de grande importância: a prevenção ao câncer de mama.

Por Maristela Girotto
Comunicação CFC